A CHIARINI, fundada em 1953 têm uma longa história na fabricação de macarrão. Está em constante processo de atualização das técnicas e modernizações de seu parque industrial, visando aprimorar cada vez mais sua linha de produtos.

A CHIARINI busca, permanentemente alcançar seus objetivos simples porém muito importantes: atender cada vez melhor seus clientes, com produtos diversificados em macarrão.

A prática do controle de qualidade é constante em todos os setores, desde a chegada da matéria prima até a entrega nos pontos de vendas. E esta é realizada por frota própria, em caminhões baú isotérmico para garantir a qualidade do produto.

Para cumprir com este rigoroso controle a CHIARINI conta com uma equipe de colaboradores competentes e bem treinados. Com uma estrutura administrativa ágil e bem articulada, permite proporcionar qualidade e rapidez na adequação das exigências do mercado.

69 ANOS DE HISTÓRIA

A J.Macêdo S/A é uma empresa marcada por uma história de sucesso e espírito empreendedor: foi fundada em 1939, quando José Dias de Macêdo iniciou sua participação em uma representação comercial em Fortaleza, no Ceará, oferecendo uma variedade de produtos tradicionais, da manteiga mineira à madeira do Estado do Paraná.

A experiência positiva incentivou vôos mais altos e, menos de uma década depois, em 1948, o empresário se associou a dois irmãos e passou a representar a marca Jeep, da norte-americana Willys-Overland, com exclusividade no Estado do Ceará. O negócio, que teve início com um carro desmontado acondicionado em caixotes, deu tão certo que se tornou extremamente rentável, e logo Macêdo passou a representar também a Mercedes Benz, a Ford e a Toyota em Estados do Nordeste.

Em 1952, a experiência comercial com os Estados Unidos e a visão empresarial de José Dias de Macêdo trouxeram a oportunidade para a licença para importação de 80 mil sacas de farinha de trigo. Após dois anos, Macêdo e seus irmãos decidiram abrir uma indústria, importaram os equipamentos para começar a processar a sua própria farinha e montaram o Moinho de Trigo Fortaleza, cuja primeira nota fiscal de venda foi emitida em 11 de outubro de 1955.
No decorrer da década de 60, a J.Macêdo expandiu sua área de atuação com a aquisição de quatro moinhos – Moinho Atlântico (Niterói), Moinho Nordeste (Maceió), Moinho Salvador (Salvador), Moinho Fama (Santos) – e de seis marcas de farinha de trigo (Fortaleza, Flor do Atlântico, Baisa, Jangada, Famosa, Nena e Fama). 

Em 1978, a empresa optou por substituir as marcas regionais por uma única que tivesse força nacional e lançou a farinha de trigo Dona Benta, com a qual conquistou a liderança de mercado e ingressou em novas categorias de alimentos: misturas para bolo, fermentos e massas.
Em 2004, a J.Macêdo S/A firmou acordo operacional com a Bunge Alimentos, uma das principais empresas do setor de alimentos e agronegócios do mundo, e, juntas, tornaram-se a maior processadora de trigo no Brasil e uma das maiores compradoras privadas de trigo do mundo. Com esta negociação, agregou a seu portfólio grandes marcas como Petybon e Sol.
Desde então, a J.Macêdo S/A tornou-se uma das maiores indústrias de alimentos do Brasil, com um portfólio composto por marcas fortes e nacionais que atendem às necessidades e desejos de todos os perfis de consumidores, de Norte a Sul do País.

Na última edição do anuário Melhores & Maiores da revista Exame, de julho de 2008, a J.Macêdo obteve o 12º lugar entre as maiores empresas do País que geram maiores dividendos, ou seja, que melhor remuneram seus acionistas em porcentagem sobre o lucro.
Entre as empresas de bens de consumo, a J.Macêdo foi classificada em 5º lugar em liquidez corrente, critério que considera o volume de reais realizáveis para cada real de dívida no curto prazo. A J.Macêdo também é considerada pela publicação a 3ª empresa do Ceará no critério de riqueza em dólares gerado por cada empregado.



Para mais informações,
entrar em contato com o
SAC: 0800 035 4114

   
 
  © 2006 - Macarrão Chiarini - Todos os direitos reservados